Deputados Federais que votaram CONTRA a projeto de lei de regulamentação da Medicina

  • 18 September 2010
  • aamato
No votes yet

ELEIÇÕES 2010

É muito importante que tenhamos no Congresso e na Assembléia Legislativa Estadual representantes que valorizem e apóiem projetos importantes para a Medicina e Saúde do Brasil.
Antes de votar nas próximas eleições, é importante que cada médico lembre-se que, depois de sete anos de tramitação envolvendo lutas, concessões e acordos, a Câmara dos Deputados aprovou, em 21 de outubro de 2009, o projeto de lei 7.703/2006 de autoria do Senado Federal, que regulamenta o e×ercício da Medicina e estabelece quais as atividades privativas dos médicos.
Assim, a Medicina, única das 14 profissões de saúde não regulamentada até então, teve o seu
reconhecimento social reiterado por meio da aprovação do projeto pelo Plenário da Camara.
No entanto, alguns Deputados Federais, por São Paulo, mesmo sabendo da importância dessa regulamentação para os médicos e para a sociedade, votaram contra o projeto de lei. São eles:

  • Antonio Carlos Mendes Thame - PSDB
  • Antonio Carlos Pannunzio - PSDB
  • Arnaldo Faria de Sã - PTB
  • Carlos Zarattini - PT
  • Devanir Ribeiro - PT
  • Duarte Nogueira - PSDB
  • Edson Aparecido - PSDB
  • Fernando Chucre - PSDB
  • Ivan Valente - PSOL
  • Janete Rocha Pietã - PT
  • Jilmar Tatto - PT
  • João Paulo Cunha - PT
  • José Genoino - PT
  • Lobbe Neto - PSDB
  • Luciana Costa - PR
  • Marcelo Ortiz - PV
  • Paes de Lira - PTC
  • Paulo Teixeira - PT
  • Regis de Oliveira - PSC
  • Roberto Santiago - PV
  • Vicentinho - PT

Estamos nos aproximando das eleições de 3 de outubro. Vamos votar com consciência para um futuro
melhor de nosso país, para o Estado de São Paulo e de nossa profissão.

 

Sem esquecer o projeto maluco do deputado Marçal Filho PMDB de regulamentação do retorno em 60 dias. O projeto pode ser lido aqui.